Prefeito Favio Telis realiza reunião com funcionários da Santa Casa
  • Foto: Leandro Bonow

    Na noite de sexta-feira (15) o prefeito Favio Telis realizou uma reunião com os funcionários da Santa Casa de Jaguarão. Na oportunidade, o prefeito esclareceu que o Governo do Estado está em dia com a Santa Casa, em relação aos repasses de recursos para entidade. Segundo Favio o que ocorreu foi uma diminuição de repasse do Estado pela baixa produção no ano de 2016. O prefeito falou que em torno de 1 milhão de reais foram reduzidos da contratualização com a Santa Casa pelo não cumprimento das metas no ano passado.

    A diminuição de receita somado ao aumento de despesa deixados tem gerado atrasos no pagamento dos salários dos funcionários. Sobre isso, Favio Telis disse, “Estamos trabalhando um forma do hospital se autofinanciar. Para isso, precisamos aumentar nossa produção, cito aqui, o aumento de cirurgias este ano (em torno de 100) já realizadas. Dessa forma podemos buscar um aumento de repasse por parte do Governo do Estado em relação a nova contratualização”, adianta.

    Na oportunidade, o prefeito também defendeu o fim da intervencao da Prefeitura na Santa Casa. “Não tem sentido um hospital ficar tanto tempo sob intervenção”, desabafou o prefeito e, acrescentou, “O hospital nesse momento precisa se recuperar financeiramente para não depender somente de repasses, principalmente, da Prefeitura”, afirmou.

    O prefeito destacou ainda a competência da Gestora Lusiane Costa Pinto para administrar a Santa Casa, dizendo que procurou na indicação da “Lulu” evitar que questões políticas interfiram nas decisões que precisam ser tomadas para manter o hospital funcionando. “Eu também não quero política dentro da Santa Casa, por isso, tenho evitado vir aqui e fazer reuniões e proferir discursos, como faziam no passado. A Lulu está aqui para administrar e tem feito isso com muita seriedade e responsabilidade”, esclareceu.

    A Prefeitura de Jaguarão fez aporte extra neste ano (2017) de mais de R$ 532 mil reais para a Santa Casa, mas, os repasses são insuficientes, tendo em vista, o déficit de R$ 200 mil mês até o final do ano. Tanto o prefeito, quanto a Gestora, estão trabalhando arduamente para garantir o salário em dia dos funcionários, como também manter o hospital de portas abertas.

    Durante a reunião, o prefeito pediu união e harmonia aos funcionários, mesa gestora e direção, para encontrar um caminho em comum acordo com todos. “Precisamos ser mais toleráveis entre nós. Somos colegas de trabalho, convivemos juntos a maior parte do tempo, e precisamos de harmonia para resolver os problemas”, disse Favio Telis, se referindo ao ambiente desconfortável gerado nesta semana.

    O Secretario de Saúde, Rogério Cruz, ressaltou que está trabalhando muito para resolver o problema. Além disso, afirmou com dados técnicos que houve um aumento significativo da produção da Santa Casa, que terá um impacto extremamente positivo na contratualização com o Estado, aumentando os repasses por parte do Governo do Estado. No entanto, segundo Cruz esses valores serão reajustados no próximo ano. O Secretário mencionou ainda o fato da atual gestão não desviar recursos do Plano Operativo para pagar outras despesas, conforme apontou o Tribunal de Contas sobre a prática realizada na gestão anterior.

    A Gestora da Santa Casa, Lulu Costa Pinto, afirmou categoricamente que não vai realizar desvio de recursos do Plano Operativo. Lulu, disse ainda que deixou de pagar fornecedores para priorizar os salários dos funcionários. Além disso, agradeceu o grupo de funcionários que tem ajudado no bar do Citadino. Segundo a administradora, o dinheiro arrecadado durante os jogos nos finais de semana tem sido destinado para, entre outras situações, compra de medicação e comida.

    Outros assuntos foram discutidos durante o encontro. Ao final da reunião, o prefeito se comprometeu em ver uma forma de manter o pagamento da insalubridade, dos funcionários que perderam, até o final do ano, assim como, também, elaborar um projeto para repassar recursos à Santa Casa para manter em dia o pagamento de salários dos funcionários. Outra proposta apresentada pelo Prefeito foi de formar uma comissão representativa de funcionários da Santa Casa para tratar, juntamente com o Procurador do Município, Luiz Pradelino Mendes Júnior, sobre os temas levantados na reunião.

    Fonte: Assessoria de Imprensa PMJ

EVENTOS
MARÇO 28

Qual vai ser?

O SICRED, em parceria com a Secretaria de

SABER MAIS