Encontro define estratégias do Programa Primeira Infância Melhor- PIM
  • A Secretaria Estadual da Saúde, através do Programa Primeira Infância Melhor – PIM, estabeleceu parceira com o Centro de Aprendizagem em Avaliação e Resultados para o Brasil e a África Lusófona da Escola de Economia da Fundação Getúlio Vargas. O propósito desta parceria é o desenvolvimento de um estudo longitudinal para verificar os efeitos do PIM a curto e longo prazo em aspectos relativos ao fortalecimento das competências familiares, promoção do desenvolvimento infantil e acesso à rede de serviços.

    Para a realização deste estudo foram selecionados municípios que estão em fase de implantação, retomada ou expansão do Programa e que ainda não iniciaram os atendimentos. Essas características são oportunas para que as famílias possam ser acompanhadas desde o início de sua entrada no PIM. Importante ressaltar que, conforme o desenho metodológico proposto, serão acompanhadas famílias com e sem o atendimento do PIM ao longo de, no mínimo, 2 anos.

    O encontro aconteceu na tarde de quinta-feira (28), no CRAS da Pindorama com a participação da primeira dama e Secretária de Desenvolvimento Social e Habitação Renata Termesana, a Secretária Adjunta de Desenvolvimento Social e Habitação Eliz Isquierdo, a Secretária Adjunta da Saúde Gilcelli Machado, a chefe do Programa Criança Feliz(PCF) e coordenadora do PIM da 3 CRS Gisele Belmonte Steibel,a coordenadora do PIM Lucélia Nunes Figueira, a chefe de setor da saúde Ester Leivas, a assessora pedagógica Cintia Gentil e as pesquisadoras dos dois institutos responsáveis Juliana Camargo e Mariane Furtado.

    Para a Secretária Adjunta Eliz Isquierdo, a avaliação é parte fundamental do processo de qualificação do Programa. “Pois permite identificar problemas e avanços, subsidiando decisões a respeito de ajustes necessários ao aprimoramento de sua proposta, além de trazer visibilidade e permitir a prestação de contas à sociedade sobre a efetividade de suas ações. Neste sentido, Jaguarão foi convidado a participar deste estudo”, explica.

EVENTOS
MARÇO 28

Qual vai ser?

O SICRED, em parceria com a Secretaria de

SABER MAIS